Um dia perfeito no Rio de Janeiro

Vamos lá! Ousarei traçar aqui o que seria um delicioso roteiro na Cidade Maravilhosa (que é super tentador) – e a regra é clara: tem que se divertir!

Ok! Digamos que você esteja hospedado num quartinho super bacana em Copacabana, pertinho da praia. Que por sinal você pode alugar no site jumpinbed, que é um site suuuper seguro que tem vários quartos e apartamentos bem charmosos.

Acorde cedo (umas 8h tá bom). Não coma ainda! No máximo uma frutinha. Vá caminhando pelo calçadão, até o Forte de Copacabana – fica no sentido de Ipanema. Na entrada você terá que pagar uma taxa super pequena de R$ 6,00. Lá dentro, o melhor da manhã – as delícias da Confeitaria Colombo (tem uma no Centro também, que por sinal é muito bonita, vale a pena visitar num outro dia), peça o crepe de queijo brie com damasco – espetacular! Vale também pedir a cesta de café da manhã do cardápio (tem uma opção Light também), vem com café, chá, iogurte, mel, cereais, pães, queijo minas, peito de peru, torradas, suco de laranja e uma fatia de bolo. Agora imagine toda essa fartura unida à uma vista maravilhosa da praia de Copacabana.

Quando terminar de comer, descanse um pouco curtindo a vista e seguiremos! Digamos que sejam umas 10h30, hora de remar – faz parte do processo de se tornar um carioca. E pra achar uma barraca que alugue um Stand-Up não é nada difícil, basta descer até a praia, colado ao forte, que você já encontrará várias opções. Os preços variam entre R$ 40,00 a 60,00 reais a hora. No pacote já vem com instrutores para acompanhar os novatos. Depois que você pegar o feeling, reme mar adentro e deite-se sob o sol. Reme mais um pouco e quando sua aula terminar, estenda sua canga na areia e reze pra passar o rapaz do Mate e do biscoito Globo – não hesite em experimentar – Peça um copo grande de Limão com Mate (meio a meio) e um pacote de biscoito Globo (peça um salgado e um doce), agora é só curtir o sol e os corpos sarados saltando de um lado pro outro.

Deu fome! Pegue um táxi e vá ao pitoresco bairro da Urca, e sente no bar de mesmo nome (Bar Urca), peça no cardápio a deliciosa Peixada da Monique (que serve 2 pessoas) e uma garrafa de cerveja Original, estupidamente gelada! Fique por lá o tempo que quiser, só não vá embora antes do pôr-do-sol, é o melhor daqui. Pegue sua cerveja e sente na mureta do outro lado da rua e assista ao sol se despedindo da Baía de Guanabara.

Agora o negócio vai começar a ficar bom, se você é daqueles que prefere tirar um soneca antes de cair noite adentro, volte pra casa e descanse por algumas horinhas. Se não, vá até a feira de Copacabana, na avenida da praia, na altura da Rua Miguel Lemos. Os produtos variam entre artesanatos, prataria mais rebuscada e souvenirs diversos (mais baratos do que nos pontos turísticos). Volte pro apartamento, tome um banho, vista sua melhor roupa (sempre com uma pegada despojada, afinal de contas você está no Rio), e perca o juízo.

Pegue um táxi e vá ao bar Comuna, o reduto alternativo do Rio de Janeiro, mas não se assuste, tem gente de tudo quanto é tipo, e o melhor: aqui tem um cardápio com os melhores hambúrgueres do Rio – é sério. O bar fica na Rua Sorocaba 585, em Botafogo. Uma dica: peça o queridinho “Rashomon”, com queijo gouda e maionese de Wasabi. Pra acompanhar, vá com a tradicional caipirinha.

Fique por lá um pouquinho, peça mais uma caipirinha e pegue um táxi para o badalado bairro da Lapa, para ser mais exato vá diretamente para a fila do Rio Scenarium (a fila pode ser um pouco comprida, mas cada segundo lá dentro valerá a pena). O bar fica na Rua do Lavradio, 20. Logo na entrada você se depara com uma fachada belíssima, super iluminada com diferentes cores, e lá dentro são três ambientes – no primeiro andar uma banda toca sucessos de forró, samba e pagode – ou seja, pra paquerar. No segundo andar tem um belíssimo restaurante e no terceiro andar uma boate com shows ao vivo e Djs bombando nos sucessos nacionais.