Leme

Leme

Não há muito o que fazer no Leme, inclusive eu venho muito pouco pro lado de cá, especialmente para jantar no La Fiorentina, um restaurante italiano, frequentado, na sua maioria, por artistas. Até porque esse restaurante costuma apoiar espetáculos em cartaz, daí os elencos sempre vem jantar aqui após a labuta.

Outro ponto legal aqui no bairro é a praça junto ao Morro do Leme, ali rola umas festinhas bem legais, mas tem que ficar ligado na agenda, perguntar aos locais quando que tem, mas geralmente nas sextas a noite rola um forrózinho, uma roda de samba, fora os eventos maiores com Djs.

Se você curte esse tipo de atmosfera tranquila, que o Leme oferece, eu indicaria o Windsor Atlântica Hotel, na esquina da Av. Atlântica com a Av. Princesa Isabel, é o primeiro prédio do Leme, fica bem na divisa com Copacabana. Já fiquei aqui numa convenção em 2012, foi bem bacana, o café da manhã é exemplar, os funcionários super atenciosos, e a pérola do hotel é a piscina da cobertura, com uma vista surreal da Praia do Leme e de Copacabana. Na época eu reservei pela Booking.com, o atendimento é excelente, e aqui vai uma dica quente: caso você venha a se hospedar aqui, tente reservar os quartos de esquina, assim você consegue ter a vista tanto de frente, quanto de lado pegando tooooda a praia de Copa até o final – só a vista do hotel já vale a pena.

Fotos por Fabio Blaser e Sam Comen.