O preço que vende – Aluguel por temporada

O preço que vende

Apesar de muitos dizerem que a coisa mais difícil é dar preço as coisas, eu posso dizer, que neste tempo de informação on line, pelo menos, no ramo de aluguel por temporada, onde existem, Trivago, Kayak, Booking.com, Airbnb e por ai vai, fica muito mais fácil, obter uma base, quando você  quer precificar, porque está tudo lá.

E o que tem lá ?

Preço –  se você quer vender muito,  se você quer vender de vez em quando e para você que quer vender, mais tem que ser da sua maneira, ou seja, vender somente para os que se apaixonaram pelo seu produto, eles existem, mas como o amor, não se encontra muitos por ai. Agora se você quer vender, com um preço melhor do que você encontrou lá, na sua concorrência ativa, então a coisa é um pouco diferente, primeiro esqueça o valor da diária.

Esquecer o valor da diária ???

Sim, isso mesmo, até porque, o que vende é, a diária que dança conforme a música, e que é uma música muito antiga, chamada demanda e oferta, e ai, entra a tecnologia disponível, para ajudar a você equalizar isso tudo.

Procurando o primeiro preço.

Existem 2 fontes de pesquisas para avaliar “o preço”, primeiro olhando para a minha concorrência ativa e segundo observando o que o meu consumidor quer, lendo os depoimentos, que eles deixam na sua concorrência ativa.

O que é concorrência ativa ?

Concorrência ativa é aquela que vende e a concorrência passiva é aquela que tem o mesmo produto que você, mas não vende, esse só serve para te dar uma informação, que naquele preço, o consumidor não viu valor suficiente para pagar.

Mas afinal o que querem os consumidores atuais ?

Eles estão focados na experiência que irão ter, seja no meio físico ou digital. Estamos lidando com consumidores conectados. A constância e individualização do acesso, permitiu a esse consumidor atual, um universo de informações – as quais, em um cenário onde tudo é compartilhado, tornam-se sinônimo de poder. O consumidor atual está empoderado pela conectividade, compartilhamento e experiências de compras. Ele dita as regras, mostra as suas preferências e não se prende à marca, mas sim, ao que ela tem a oferecer.

 

Marcio Costa – Especialista em crescimento de reservas online.